A 13 de maio chega ao fim o período de transição do Acordo Ortográfico.

Na quarta-feira cumprem-se os seis anos do período de transição para a aplicação do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, tendo em conta a data de 13 de maio de 2009, que marca a entrada em vigor em Portugal.

A Associação Nacional de Professores defende que este ano deveriam ser permitidas as duas grafias nos exames, uma vez que a aplicação do novo Acordo Ortográfico ainda não é uniforme em todos os meios.

Os professores nem a grafia antiga conseguem fazer perceber aos seus alunos, pela experiência que tenho com os diversos a quem tenho dado assistência (ou explicações, se preferirem) noto que nenhum deles está bem apoiado pelos responsáveis do ensino da língua e do seu bom uso ortográfico, para tais alunos “tanto faz o Facto que levou ao Ato”.

foto: pauloramosartistadesenhistapoetafotografo

foto: pauloramosartistadesenhistapoetafotografo

Num mundo em português, onde se encontram as mais diversas formas de utilização de uma língua tão dinâmica quanto se espera dela, com as palavras a sofrerem alterações momentâneas e corriqueiras seja pelo ar de “campestre” que tenham ou pelo “nariz empinado” que demonstrem suas gramáticas, dever-se-ia aceitar como acordado ortograficamente todo e qualquer tipo de alteração que melhorasse a compreensão e a Comunicação entre os diversos “falantes” da, segundo a minha opinião, mais bela língua deste planeta…

Não estou na defesa dos abreviadores e escritores de SMS, nem trago no bolso surpresas semânticas para confundir interlocutores, creio que aceitar e tentar entender é, antes de tudo, saber perceber a dinâmica de uma língua e levá-la ao seu próximo nível de evolução, sem ser demais fundamentalista nem de menos revolucionário.

Vamos ter a coragem de nos ensinarmos e de ensinar aos nossos alunos que quanto mais dinâmica for a língua mais ricos serão os resultados da escrita e da leitura, por conseguinte, maior a riqueza cultural do nosso já tão torturado, por acórdãos e desacordos, povo!

Comentários



PAR

Sou muitos por cento H2O o que quer dizer que fervo a 100 e congelo a zero... tenho muito para dizer mas só digo quando quero.

Publicação Anterior

Irreversível, Hi Ho Silver e Cavaco Silva.

Proxima Publicação

Nossa Senhora de Fátima é um ET