Vou escrever sobre quê?

Nem sempre me é fácil escrever e fazer sentido. – ESPASMOS

Ler Mais

Lirismos Melancólicos

respiro numa bolha!
onde nada entra
de onde nada sai…
e sou só isto, só existo.

Ler Mais

Contos de Almofadas

vê, vê tua cabeça pousada no colo da pessoa amada quase branca quase bela tua cabeça adormecida (tão

Ler Mais

Poesia : Hoje : Mundial : Dia

  Hoje é o dia do espaço de tempo entre a tua pele e a minha da velocidade

Ler Mais