Rufus Wainwright e a multidão silenciosa | Crónica

No palco um homem, um piano, uma viola. Nada mais. Um Theatro Circo esgotado, assombrado num silencio que apenas se quebrava no fim de cada uma das interpretações de Rufus Wainwright.

Ler Mais

Respira Douglas Dare no Theatro Circo! | Crónica

Ouvi-lo (Assim como ao seu piano.) é como sorver uma lufada de ar muito fresco como brisas doces e inquietas.

Ler Mais