Vou fugir com a parreca às costas.

Longe vão os tempos em que andávamos de caderno preto para apontar uma frase castiça ou uma gaffe de uma conversa entre amigos.

Ler Mais

O que tu “fizes-te” ou o que “tu não fizestes” são dois problemas nossos.

Escutem aqui, ó rascunhos de estúpidos que não chegaram à arte-final no desenho da vida. Nazista da gramática é o caralho que vos foda a todos com areia e cacos de vidro.

Ler Mais

Valei-me Nossa Senhora de Fátima!

A 13 de maio chega ao fim o período de transição do Acordo Ortográfico.

Ler Mais