Vida de escravo

E tu continuas com a tua vida de escravo, preso na vertigem do consumo. Continuas amarrado à posse. Esperas ficar mais feliz com a nova compra, exibi-la, como prova da compensação – “porque eu mereço!”

Ler Mais