Se me vires de passagem e me disseres: “És todo bom, comia-te mesmo sem pão!” Isso não me chateia, na verdade até gosto da ideia. Gosto que me reparem, que me apreciem, que sintam tesão em mim.

Estou vivo e agrada-me que vejam essa vida em mim. É  só um “piropo”, é só uma forma mais babada de me ter na boca e, sinceramente, estar na boca é só meio caminho andado.
HM-20134544715849665171378979509.2613Os puristas, os puritanos, os juristas e os legalistas que vão enterrar suas cabeças sujas na areia do deserto, que eu cá enterro a minha onde houver quem “me abra e me feche, me chame de gaveta…”

Gosto de estar em boas mãos, gosto de mãos que me toquem (“boa punheta”) depois da boca ter dito ao que vinha, meio-piropo e uma conversinha, uma dose de gin (“tónico”) e horas a fio de preliminares, sem lei para aprovar ou proibir, sem termos de ser  o que os outros acham que tem de ser e transformam em fundamento (odeio fundamentalismos), e transmutam em político, em correto… quero mais é que me “espremam a fruta até deitar sumo.”

Os seres que prestam serviços à EDP, seja gás ou distribuição, são todos bons, bons para se lhes cagar em cima, de duas em duas horas e meia. (Isto é meio-piropo)…

Em tempo: A minha, anterior, senhoria é uma vaca, quer dizer vitela que ainda é moça. (Isto é piropo gordo, com tetas enormes, melhor dizendo “inteiro”.
piropo

Deixem-me em paz que eu não sou obrigado, obrigado! Vocês são todos “bons”, “bons cumó caralho”… isto é, para quem gostar de caralhos, senão são todos “bons cumá cona”. Aos irreversíveis vegetarianos desejo, do fundo das pregas, que vão lamber um grelo ou uns bons tomates.

Piropar é como mandar para o caralho com a melhor das intenções!

Beijos de língua onde melhor vos aprouver!

 

Comentários



PAR

Sou muitos por cento H2O o que quer dizer que fervo a 100 e congelo a zero... tenho muito para dizer mas só digo quando quero.

Publicação Anterior

Eu ia bem

Proxima Publicação

Fragmentos em 30 minutos