A partir desta sexta-feira, dia 12 de maio, nasce o RESPIRA! – o piano como pulmão, ciclo de música “que criará uma espécie de microclima na cidade de Braga, certamente regenerando-a e tornando-a ainda mais respirável.”

Com quatro espectáculos internacionais – dois deles com data exclusiva em Portugal (Dakota Suite & Quentin Sirjacq no dia 21 e Rufus Wainwright no dia 31) – a programação inicia-se na próxima sexta-feira, dia 12, ao som de Douglas Dare, artista com selo da editora Erased Tapes, casa de músicos como Nils Frahm, Ólafur Arnalds, Peter Broderick e Lubomyr Melnyk.
O pianista e cantor londrino actua pela primeira vez em Portugal e vem apresentar o seu segundo álbum “Aforger”, num espectáculo a solo,  especialmente idealizado para esta apresentação no Theatro Circo.

No dia seguinte, sábado dia 13, é a vez de Wim Mertens subir ao palco do Theatro Circo, um regresso muito aguardado do compositor belga que vem apresentar o trabalho “Cran Aux Oeufs”.
Mertens tem vindo a tocar no nosso país desde o início dos anos 90 e chegou a gravar o seu primeiro álbum ao vivo – “Epic That Never Was” – em Portugal.

Comentários



Miguel Sousa

Responsável pela agenda Irreversível.

Publicação Anterior

A magia do Novo Circo ganha fôlego em Guimarães

Proxima Publicação

Haverá salvação para eles?