O ano de 2016 começa da melhor forma para a Orquestra Jazz de Matosinhos que se estreia na prestigiada Konzerthaus de Viena, na Áustria, dia 29 de Janeiro ao lado de Kurt Rosenwinkel.
339c32bd-3b3d-4f52-a1fc-2ccf2e100130
Oito anos depois da primeira colaboração com o guitarrista norte-americano, que resultou na edição conjunta de “Our Secret World” em 2010, e numa digressão pelos EUA e Portugal, a Orquestra Jazz de Matosinhos e Kurt Rosenwinkel voltam a encontrar-se em palco num espectáculo que conta com novos arranjos da autoria de Carlos Azevedo, Pedro Guedes e Ohad Talmor.
Recentemente apresentado no Voll-Damm Festival Internacional de Jazz em Barcelona e na Casa da Música, este espectáculo mostra a cumplicidade da big band portuguesa com o guitarrista que é considerado uma das mais sólidas referências do jazz moderno e, em particular, da guitarra jazz contemporânea.

Com base em Matosinhos, mas com um percurso notável e impar internacionalmente, a OJM continua a apostar na divulgação da sua música em todo o mundo. O ano de 2016 começa em Viena, seguindo-se Nova Iorque, Belgrado e Barcelona.

Comentários



Miguel Sousa

Responsável pela agenda Irreversível.

Publicação Anterior

Na República Pombalina quem tem um Olho é Cu...

Proxima Publicação

Silvas dão-me alergias e Silvos fazem-me urticária.