Milhares e milhares saíram às ruas no último fim de semana, um pouco por todo o Brasil, e mesmo em outros países, em protesto contra o governo de Dilma Rousseff e dos sucessivos casos de corrupção, nomeadamente o caso Petrobrás.

O Brasil anda (mais uma vez) a ferro e fogo. A 7ª maior economia do mundo,  e uma das mais emergentes, está a sentir fortes dores de crescimento. Corrupção, desigualdade, e esbanjamento de dinheiros públicos, são as maiores queixas do povo brasileiro.

Uma das coisas que me surpreende é o facto de alguns nas ruas brasileiras pedirem uma “intervenção militar”…!!!???!!! Regresso à ditadura não é uma solução.

Corrupção governamental parece uma sina dos países de língua oficial portuguesa – Angola, Brasil, Guiné-Bissau‎, Moçambique, Portugal. Os casos sucedem-se e ninguém se fica a rir de ninguém.

Vivemos momentos de definição do futuro dos povos. Começa a ficar tarde, seja no Brasil, seja em Portugal, seja em Angola, para o POVO mostrar quem realmente manda. A história mostra-nos que acabamos sempre por vencer, no entanto também nos mostra que quase sempre foi tarde de mais, que foi apenas quando o desespero toma conta do POVO, que o POVO verdadeiramente reagiu. Temo que mais uma vez se passe assim. Resta a esperança e que TODOS continuem a lutar e a não se calar.

Não podemos ser ovelhas do rebanho silencioso.

Comentários



Miguel Sousa

Responsável pela agenda Irreversível.

Publicação Anterior

JIBO - O Robot para a família

Proxima Publicação

Álcool em Pó