BANDA BRACARENSE E COLECTIVO DA CASA DA MÚSICA ENCONTRAM-SE EM PRODUÇÃO DO THEATRO CIRCO – 15 ABRIL – 21:30 – SALA PRINCIPAL

676b5530-1847-457d-bbe5-90762718dcfeEm abril de 2016 o Theatro Circo chega à fase final de um ano de celebração do “Século do Theatro” e assinala o momento com uma produção própria que junta a mítica banda bracarense Mão Morta ao Remix Ensemble da Casa da Música.

Com arranjos de Telmo Marques, o concerto inédito que passa em revista uma selecção de temas dos Mão Morta tem estreia marcada para 15 de Abril na Sala Principal do Theatro Circo (21h30). De seguida, avança para uma minidigressão nacional com datas em Coimbra (Convento de São Francisco, 16 abril), Lisboa (Aula Magna, 18 abril) e Porto (Casa da Música, 19 abril).

Com igual destaque em palco, Mão Morta e Remix Ensemble vão percorrer os trinta anos de carreira da banda de Braga através de um conjunto de 12 temas criteriosamente escolhidos para este concerto que será único também no percurso do agrupamento de música contemporânea da Casa da Música.

«Tentamos privilegiar as músicas que, na nossa opinião, mais serão enriquecidas com o toque de contemporaneidade que o Remix Ensemble transporta sempre», explica o baterista dos Mão Morta, Miguel Pedro. «Nada de best of dos Mão Morta. Temos temas que não tocamos há muito mas que faz sentido fazer renascer para este espectáculo», reforça.

Com Mão Morta & Remix Ensemble, o Theatro Circo regressa às produções em estreita colaboração com os Mão Morta depois de, em 2007, ter acolhido “Maldoror”. Resultado de uma produção conjunta entre o Theatro Circo e “Imetua – Cooperativa Cultural”, o espectáculo estreou com duas noites de lotação esgotada cuja gravação deu ainda origem ao lançamento do duplo álbum homónimo.
1f25f752-d630-4880-94d2-eaadce821a33 Irreversivelmente imperdível.

Comentários



Miguel Sousa

Responsável pela agenda Irreversível.

Publicação Anterior

Burlesco & Fetish Performance na 1ª Pessoa - Entrevista com Manu De La Roche

Proxima Publicação

momento intelecto-erótico