são portas que se fecham na minha cara,
corredores que se estreitam e escurecem,
tudo acontece sem eu lá estar
todos vivem, eu só respiro…

respiro numa bolha!
onde nada entra
de onde nada sai…
e sou só isto, só existo.

queria voltar a viver!
anseio sentir outra vez,
cá dentro tudo é neutro,
lá fora há um pulsar,
aqui é um vazio…

só o passado habita em mim,
do presente nada tenho,
do futuro nada almejo,
sou mesmo só isto,
enfim…existo…

 

Comentários



Gusterix

33 anos - Trofa

Publicação Anterior

Nem toda a FOME é mera vontade de COMER.

Proxima Publicação

Captain America: Civil War