foto: The Guardian

foto: The Guardian

A implementação de chips no corpo humano era até à bem pouco tempo do domínio da ficção cientifica, mas é já hoje real.
Os funcionários do prédio Hi-tech Epicenter, situado em Estocolmo na Suécia, implantaram micro chips de identificação por radiofrequência nas mãos, com os quais serão capazes de abrir portas, usar a impressora, telefones,  e se calhar,  estou agora no domínio da especulação, até para tirar o café, apenas com o movimento das mãos onde se localiza o chip do tamanho de um grão de arroz, colocado debaixo da pele, e que transmite informações pessoais a curtas distâncias.

A noticia não é assim tão inovadora. São conhecidas situações similares no Canada, Brasil, Alemanha e Japão, até já com testes para se executarem acções não tão simples como estas propostas aos 700 funcionários do Hi-tech Epicenter, recentemente a Google também entrou neste jogo do chip.

Segundo o promotor desta experiência, Hannes Sjoblad : “Queremos entender essa tecnologia antes que eles venham e digam que todos devemos ter um chip –  seja as Finanças, o Google ou o Facebook

Comentários



Dinis Leão

Autodidacta e coleccionador de informações consideradas por muitos como banais e/ou supérfluas.

Publicação Anterior

Baby-Box

Proxima Publicação

Hipocrisia de Terceiro Mundo