Está fechado o cartaz da quarta edição do Indie Music Fest! A celebração artística independente apresenta um lineup de excelência, em exclusivo com música moderna portuguesa, prometendo fazer justiça ao estatuto de melhor micro-festival de Portugal!unnamed

Aproveitamos a ocasião para fazer uma pequena entrevista a um dos responsáveis pelo IMF, Tiago Nalha.

14079705_10154005697623370_8245846703935935248_n– Qual é o conceito do IMF?
– Uma Celebração Artística Independente aliada a um magnifico espaço, o Bosque do Choupal. Temos vários âmbitos artísticos e é este mix de arte, sabores e inspirações, que fazem o conceito do IMF, único.

– Depois do reconhecimento nos Portugal Festival Awards com a distinção para “Melhor Micro Festival” pelo 2º ano consecutivo, o objectivo é subir de divisão ou tentar manter o prémio?
– O objectivo neste campeonato 2016 é ficar nesta divisão e vencer novamente, contudo estamos a treinar para subirmos de divisão e vencer o galo! Acreditamos muito nisto é a nossa vontade, mas precisamos de várias coisas que ainda não temos, nomeadamente financiamento.

– Quais as maiores dificuldades que a produção do IMF encontra para realizar o festival?
– Ter de contar os euros para garantir tudo! O resto das dificuldades são ultrapassadas sempre.

– Destaques desta edição?
– Todas as estreias musicais que esta edição vai ter! É épico, pois é a primeira vez que reunimos tantas estreias num só festival!

– O que é Irreversível?
– É um filme francês muita comido, mas que está na minha lista top 10 dos que mais curti ver! … Ahahah é a vida o quotidiano…

O ano passado falava-se de “um segredo muito bem guardado“, veremos o que nos espera a edição deste ano do festival do bosque encantado.

Bilhetes diários e passes gerais à venda em www.bol.pt e nos locais habituais (Fnac, CTT, Worten, entre outros)

Comentários



Francisco Barros

- Realizador e locutor radiofónico nos 90´s com "Rockodromo" & Outros
- Proprietário da extinta "Crash-Discos".
- Vocalista em "Model".
- Passador de música e performer em "Robotic Sessions".
- Musico experimental & Ocasional
- Colaborador e Ex-colaborador em diversas publicações nacionais e locais.

Publicação Anterior

MAGAFEST 2016

Proxima Publicação

Por qué no te dejas de mierdas? Hum? Carago ma quilhe.