A questão nem é tanto se o capitalismo é ou não a única forma de acabar com a pobreza. Capitalismo é acima de tudo um conceito teórico que se vai aplicando em diferentes latitudes com diferenças muito significativas. Se calhar até virá o dia em que uma espécie de capitalismo que acabará com a pobreza emergirá. No que me diz respeito, estou-me literalmente nas tintas se é o capitalismo, o socialismo, o comunismo ou outro ismo qualquer. Interessam-me apenas soluções que salvaguardem a decência da vida humana. Se quem as executa é de esquerda ou direita, principalmente hoje, quando as ideologias são cada vez mais paleio de saco, é-me completamente indiferente.

Bono Vox

Bono Vox

Outra coisa diferente é aparecer um rock star como o Bono Vox, homem que priva com maçónicos e bilderbergs de todo o mundo, a afirmar categoricamente que o capitalismo é a única forma de acabar com a pobreza. Quem é o Bono, por muito bom artista que o possam considerar, para afirmar uma coisa destas com tanta certeza? Como é que alguém que fala na fome em África pode elogiar um conceito teórico cuja aplicação, até hoje, tem criado tantos desequilíbrios e desigualdades? A menos que tenha sido pago para o efeito, o que seria estúpido uma vez que dinheiro tem ele a pontapés. Será que lhe prometeram, daqui a uns anitos, uma boa cadeira na ONU ou noutra grande organização internacional?
Isso poderia explicar esta tentativa de doutrinação dos mais jovens, deixando-se usar como ícone musical para incutir uma falácia. E o poder tem esse efeito de vergar os mais improváveis.

Comentários



Zacarias Orwell

Publicação Anterior

Palco RUC - Queima de Coimbra

Proxima Publicação

Empresa da Área do Fantástico Espetacular admite Super Heróis (m/f)