Fui ali ao chinês, mas ele não tinha o que eu queria, o que eu queria… O que eu queria, já não me lembra, por que o chinês não tinha. Tinha outras coisas, muito baratas, muito pouco úteis, muito “made in China”. Havia tigelas de arroz como aquelas que há na china e que servem para pagar aos que produzem o “made in China” e havia, também, galos de Barcelos como aqueles que há em Barcelos e que nunca mais foram feitos por oleiros de Barcelos, são todos “not made in Barcelos”.14658155_10154584282542365_755560038_n

Fui ali ao Chinês, mas ele não tinha o que eu queria, mas tinha a televisão ligada e fiquei a saber que Bob Dylan é o novo Nobel da Literatura… Mas o Chinês não tinha. Tinha paninho, tinha carrinho, tinha Godinho, tinha todo o tipo de merdinha, mas Dylan não tinha… Que não há Bob “made in China”.14658223_10154584282547365_2123573016_n-1

Mas ele tinha chineses, a trabalhar para ele e a dizer coisas chinesas e o que mais chamava a atenção era o facto de já lá estarem alguns chineses “made in Portugal”, tão chineses como todos os chineses que não são feitos na China. E a televisão a dar-lhe em cobertura do “surpreendente e nada chinês” Nobel de literatura para o gajo que batia várias vezes à porta do paraíso.14694851_10154584282512365_956747315_n

O chinês lembrou-se de ter visto Bob Dylan tocar pela primeira, e única, vez na China (para uma família chinesa de 5.000 pessoas) numa quarta-feira de Abril de 2011. Em Pequim houve Bob Dylan, mas no chinês não tinha! O que eu queria.

The answer, my friend, is blowing in the wind… zài jiàn!

O contexto torna-se irreversível quando nos apercebemos que um autor de letras de canções não faz propriamente literatura, apesar de todos podermos achar que suas canções são lindíssimas!14741153_10154584288227365_1435425895_n

 

Comentários



PAR

Sou muitos por cento H2O o que quer dizer que fervo a 100 e congelo a zero... tenho muito para dizer mas só digo quando quero.

Publicação Anterior

Encontro Internacional de Palhaços — 3ª edição

Proxima Publicação

"Para já, sou realizador de videoclipes" - Guilherme Henriques em Entrevista