A curta-metragem “Blood Brothers”, de Marco Espírito Santo e Miguel Coimbra, venceu este domingo o Prémio de Melhor Documentário no Festival de Cinema de Tampere.

bloodbrotherscurta

“Blood Brothers” acompanha uma noite na vida dos Forcados Amadores de Montemor. De regresso à mais importante arena do país pela primeira vez após a morte do seu líder, estes forcados terão de demonstrar que o seu espírito vencedor ainda vive entre eles.

O filme, que ainda não teve estreia em Portugal, já passou por festivais de cinema no México, França, Espanha, Reino Unido, Eslováquia, Itália, Países Baixos, Coreia, Lituânia e Rússia.

O prémio foi atribuído pelo júri da competição internacional composto por Lauris Ābele (Letónia), E.G. Bailey (EUA), Tatu Pohjavirta (Filândia), Alina Rudnitskaya(Rússia) e Enrico Vannucci (Itália).

O Festival de Cinema de Tampere, um dos festivais de cinema mais antigos e de maior prestígio a nível internacional, é, todos os anos, o ponto de encontro de profissionais da indústria cinematográfica. A 46ª edição do festival decorreu entre os dias 9 e 13 de Março naquela cidade finlandesa.

Comentários



Miguel Sousa

Responsável pela agenda Irreversível.

Publicação Anterior

Da Indispensabilidade de um Dicionário...

Proxima Publicação

Burlesco & Fetish Performance na 1ª Pessoa - Entrevista com Manu De La Roche