O Festival Aleste está de regresso a 28 de Maio, na praia da Barreirinha – Funchal, para a sua primeira edição de 2016, com um alinhamento apetecível:
La Flama Blanca & The Legendary Tigerman (DJSET)
Éme
Julinho Da Concertina Trio
Filho da Mãe & Ricardo Martins
Sean Riley & The Slowriders
WhoMadeWho
XINOBI

Estivemos a conversar com Pedro Azevedo, um dos elementos da organização, para conhecer melhor este projecto Aleste:

Aleste 2015

Aleste 2015

– Como surgiu o Festival?
– Como todas as coisas bonitas, numa conversa entre 3 amigos com gostos musicais muito diferentes mas com propósitos e objectivos muito comuns. O Aleste não é bem um festival, é uma experiência itinerante que acontece três vezes por ano. Tem a dimensão de um pequeno festival ou de uma grande festa, e nós gostamos de ter esta confusão e esta dúvida dentro de nós, porque permite-nos trabalhar para um cartaz alternativo no contexto regional, e onde são tidos em conta critérios como experiência do público, integração na paisagem natural, exotismo, relação artista/público, etc.

– Qual o impacto que o Festival tem na Ilha da Madeira?
– O nosso principal objectivo é ter um grupo de pessoas que nos segue pela qualidade dos espectáculos que produzimos, pelas festas que criamos, pelo festival-não festival que levamos 3 vezes por ano à cidade do Funchal e futuramente a outros pontos da ilha. Para já sentimos que essa comunidade cresce a cada edição do Aleste e esse é o impacto que o festival tem no Funchal e região.

– Expectativas para esta edição ?
– Pode parecer cliché mas a expectativa é que o Aleste cresça de ano para ano, edição a edição. O próximo dia 28 de Maio será seguramente o nosso melhor momento, com um cartaz repleto de estreias e actuações surpreendentes que vão entrar no imaginário colectivo com super-cola-tudo. Em Setembro haverá a edição Residência onde dois artistas vão estar a compor um trabalho inédito. E Dezembro fechamos o ano com a edição Clubbing. ou seja, as expectativas estão bem altas!

12039345_1689163581315901_3321258918603480984_n

Aleste Rock On The Rocks 2015 – The Legendary Tigerman

– Sabemos que muitos artistas regressam ao festival como público, porque acham que isso acontece?
– Pela proximidade com as pessoas. Há um grande respeito entre público e artista, muitas amizades começam no nosso palco à beira mar. O espaço e a paisagem também desempenham um papel importante na equação, mas é o calor que faz o Aleste, que transforma um sítio num momento muito especial.

– Para além da insularidade, que outros elementos diferenciadores tem o festival em relação aos festivais que acontecem em Portugal continental?
– Tudo o que disse acima. É uma experiência, um momento, um espaço único, uma paisagem deliciosa, um público incrível.

ALESTE | 30 MAIO 2015 - B Fachada

ALESTE | 30 MAIO 2015 – B Fachada

Uma das novidades para esta edição de Maio do Aleste 2016 é a parceria constituída com o GetaFest, que permitirá a criação de pacotes especiais com viagem e acesso aos concertos.
A qualidade artística é o motor para esta empreitada, em apenas duas edições o Aleste trouxe até ao Funchal nomes como, Marina Gasolina, The Correspondents, Memória de Peixe, Filho da Mãe, B Fachada, Legendary Tigerman, Mdou Moctar, Liima, Gala Drop, entre muitos outros, e tem tudo para continuar em grande estilo.

Comentários



Miguel Sousa

Responsável pela agenda Irreversível.

Publicação Anterior

Elias - Talvez Queiras ficar

Proxima Publicação

Momentos que me entranham!