As redes sociais têm esse problema: amplificam tudo, da eloquência à estupidez, da tolerância à violência, sem que a maior parte dos receptores tenham o cuidado de verificar fontes e enquadramentos. A crise dos refugiados e o acolhimento de que estão a ser alvo na Europa tem despertado o que de melhor e de pior existe no ser humano mas a desinformação e o preconceito imperam.

O vídeo que vos trago hoje resume esta catástrofe humanitária em pouco mais de seis minutos, desmontando mitos e trazendo alguma luz sobre questões amplamente instrumentalizadas pela jihad que tem varrido as redes sociais. Vale cada segundo que usem a visualizá-lo. E lembrem-se que o amanhã é incerto. Nós já fomos refugiados e esta tempestade também foi semeada por nós.

Comentários



João Mendes

Publicação Anterior

Orquestra Jazz de Matosinhos no "Obra em Festa"

Proxima Publicação

Indigitar os Esfíncteres dos Outros é Fácil..